Reportagem sobre Trombofilia no Programa Bem Estar da Rede Globo

Buenas tentantes,

Como está a rotina de vocês? Às vezes não dá vontade de parar tudo e dizer, agora vou só me dedicar e pensar no meu futuro bebê: vou olhar roupas, decoração para o quarto, roupas para grávidas. Mas infelizmente a gente não pode fazer isso! Bem pelo contrário. Sempre ouço que a gente deve se desligar, esquecer, relaxar. Mas, é difícil. Minha sogra tentou por 6 anos engravidar, fez exames que na época eram disponíveis, passou por diversos médicos, todos diziam a mesma coisa – “vocês estão prontos para engravidar”. Pois um dia um médico bem velhinho e conhecido na região disse – “Vocês tem que tirar férias. Vão, passem um mês se divertindo, fora da rotina e vocês voltarão grávidos. Não deu outra! hehehehe … Adoro estas histórias.

Bom, o papo tá bom, mas vim aqui para comentar com vocês a reportagem do programa Bem Estar da rede Globo, do dia 09/12/2014. Eles falaram sobre trombose e trombofilia. E em uma das reportagens, mostraram uma mãe que tem SAF e que durante toda a gravidez usou a injeção subcutânea de heparina. A bebê dela já está grande e linda, e ela até já tinha uma filha com uns 6 anos. Ela descobriu a doença só quando foi tentar o segundo. Achei muito confortante esta reportagem, parecia que estavam falando comigo. heheheheh Vale a pena dar uma olhada e dar uma “injeção de ânimo” no coração e na alma.

Trombofilia pode ser controlada com remédios anticoagulantes e exames de sangue semanais

Segue o link: http://globotv.globo.com/rede-globo/bem-estar/t/edicoes/v/trombofilia-pode-ser-controlada-com-remedios-anticoagulantes-e-exames-de-sangue-semanais/3819361/

Digam aí o que vocês acharam…

Beijos e até o próximo post.

Crise de ansiedade | Fluoxetina na Gravidez

Buenas meninas,

Hoje venho contar o que aconteceu nestes últimos 3 meses que não estive por aqui.

Com a tensão do trabalho e mais a expectativa de engravidar e ter que tomar uma injeção por dia (leia no post anterior para entender melhor ), me deu uma crise de ansiedade: tremor, nervosismo, pressão nas mandíbulas, aperto no peito, falta de ar para dormir, etc. Isso aconteceu forte em um dia, e nas demais 3 semanas foram mais fracas. Assim procurei por um psicólogo que me encaminhou a um psiquiatra. Este me diagnosticou com crise de ansiedade e me receitou a fluoxetina (20 mg – 1 comprimido ao dia).

Com isto resolvi novamente dar um tempo na tentativa da gravidez. Precisava ficar bem novamente para conseguir engravidar.

Tomei 4 caixas da fluoxetina. Conversando com os psiquiatras eles me disseram que eu poderia tomar a fluoxetina durante a gravidez, mas indicaram que eu parasse no mínimo nos 3 primeiros meses. Já quanto a misturar ela com a injeção de heparina (para meu problema com SAF), eles não sabiam ao certo me dizer se eu poderia.

Voltei a consultar com minha ginecologista obstetra, especialista em infertilidade, e ela me disse que eu poderia tomar os dois juntos, fluoxetina e as injeções de heparina, sem problema. Ela também confirmou que o ideal era parar a fluoxetina, mais em função da formação do bebê, mas que se eu sentisse a real necessidade, eu poderia tomar sob orientação médica.

E assim estou fazendo! Há quase uma semana parei de tomar a fluoxetina e voltei a tentar a engravidar.

Deus é tão maravilhoso que, as sensações que tive depois da crise e que estava com medo de ter novamente quando parasse com o remédio, não estou mais sentindo. Deve ser a felicidade por finalmente estar voltando a tentar engravidar. Espero que desta vez dê tudo certo.

Vocês conhecem alguém que tomou fluoxetina da gravidez? Contem pra mim.

Beijos e até o próximo post.

Priscila Paim